Pandemia e os Oficiais de Justiça: 46 vidas perdidas

Pandemia e os Oficiais de Justiça: 46 vidas perdidas

Pandemia e os Oficiais de Justiça: 46 vidas perdidas

Com um ano de pandemia do novo coronavírus no Brasil, os Oficiais de Justiça - servidores públicos do Poder Judiciário que, muitas vezes, precisam se arriscar, em diligências presenciais, para levar os mandados nas residências das partes - seguem registrando altos índices de contágio e mortes pela doença. Em 386 dias, enquanto o país contabiliza 11,6 milhões de casos confirmados e 282.528 mortes, já chega a 46 o total de Oficiais de Justiça mortos pela Covid-19.

Somente nos últimos sete dias, foram seis mortes confirmadas de colegas, o que representa quase uma vida perdida a cada dia devido a complicações da doença. Estes números foram atualizados nessa quarta-feira 17 de março.

A Assojaf-RJ reforça a necessidade dos Oficiais de Justiça não se descuidarem da saúde neste momento, usando sempre máscara e evitando aglomerações.

O Rio de Janeiro já teve que se despedir de sete colegas: Léo Damião Braga (TRT-1), então diretor financeiro da Assojaf-RJ, Nadea Maria da Câmara (JFRJ), José Renato Soares Bandeira (TRT-1), Valter Antunes de Azeredo (TJRJ), Felipe Gouveia (TJRJ), Pérola Rozen Sztajnberg (TJRJ) e Gelson Sampaio de Souza (TJRJ).

Em todo o Brasil, os Oficiais falecidos desde março de 2020 são: José Dias Palitot (TRT-2), Clarice Fuchita Kresting (TRT-2), João Alfredo Portes (TJSP), Kleber Bulle da Rocha (TJRJ), Roberto Carvalho (TJPA), Wanderley Andrade Rodrigues (TJAM), Léo Damião Braga (TRT-1), Maurício Maluf (TJPA), Adelino de Souza Figueira (TJGO), Valter Campos de Almeida (TJSP), Oldeildo Marinho (TJPA), Ronaldo Luiz Diógenes Vieira (TJRN), Cristiana de Medeiros Luna (TJAL), Dora Bastos Costa (TJPA), Eliseu Rangel Soares (TJMT), José Bento Tavares (TJGO), Marcio Guglielmi (JFSP), Marcos Antônio Uchoa de Freitas (TJCE), Aristeu Pereira da Cruz (TJBA), Irani Inacio Silveira (TJRO), José Roberto Cavalcanti Moura (TJDFT), Alberto Cabariti Filho (TJSP), Nadea Maria da Câmara (JFRJ), Rubens Celso de Souza Lima (TJSP), Neuzomir Marques (TJSP), Landir Antunes (TJAP), José Renato Soares Bandeira (TRT-1), Cleiber dos Santos Amaral (TJAC), João Francisco Filho (TJPE), Valter Antunes de Azeredo (TJRJ), Felipe Gouveia (TJRJ), Petrônio dos Passos Gomes (TJAP), Pérola Rozen Sztajnberg (TJRJ), Mário Piva (TJSP), Raimundo José de Brito Filho (TJTO), Helilton José Andrade Soares (TJAM), Eliel Ribeiro dos Anjos (TJBA), José Afonso Soares (TJCE), Rômulo Pessoa de Oliveira (TJRO), Gelson Sampaio de Souza (TJRJ), Ismael Diniz (TJPE), Eduardo Tibério de Araújo Borba (TJPE), Fábia Maria Araújo Mendonça (TRT-7), Geraldo Caldeira Figueiredo (TJMG), Reinaldo de Oliveira Santos (TJSP) e José de Assis (TJPB).

Com informações da Fenassojaf (Caroline P. Colombo)

admin

Close